ORADORES CONVIDADOS

SASIG 2017 | Porto (20 a 22 de Novembro 2017)

João Paulo Hespanha

João Paulo Hespanha

João Paulo Hespanha possui um doutoramento em Modelação de Sistemas Cadastrais conferido pela Universidade Técnica de Delft (Países-baixos). Anteriormente (em 1992) concluíu um mestrado em Produção de Geoinformação pelo ITC, atualmente a Faculdade de Ciências de Geoinformação e de Observação da Terra da Universidade de Twente (Países-baixos). Desde 1997 é professor adjunto na Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Águeda, da Universidade de Aveiro. Tem estado envolvido na lecionação, investigação e orientação de projetos na área do Cadastro Predial.

Ricardo Lafuente

Ricardo Lafuente

Ricardo Lafuente é uma das vozes mais visíveis no movimento open data em Portugal. É um dos membros fundadores e coordenadores dos encontros Date With Data no Porto desde 2010, dedicados a avançar a agenda civic tech de empoderamento cidadão através da tecnologia. Neste contexto, é também co-autor de várias bibliotecas e ferramentas de software dedicadas à visualização de dados públicos, destacando-se projetos como o Demo.cratica (visualizador de debates parlamentares) ou a Central de Dados (repositório de datasets abertos). Operando em equipa com Ana Isabel Carvalho, foi também responsável pelo hackerspace Hacklaviva no Porto entre 2009 e 2012.

É um dos embaixadores da Open Knowledge International em Portugal, participando na organização do evento global Open Data Day no Porto desde o seu aparecimento em 2010.

Profissionalmente, desempenha as funções de designer e arquiteto de dados, integrando a agência de data journalism J++ e o estúdio de design Manufactura Independente.

Dedica-se a explorar os meios digitais como forma de desenvolver ferramentas, tanto práticas como especulativas, direcionadas a proporcionar novas perspetivas e metodologias sobre o processo de design e criação. A sua prática é orientada por uma abordagem assente nos princípios de software livre e open source.
Página pessoal disponível aqui e também o endereço twitter

Pedro Venâncio

Pedro Venâncio

Pedro Venâncio é licenciado em Geologia, pós-graduado em Software Livre e mestre em Sistemas de Informação Geográfica. Possui diversas formações nas áreas dos Sistemas de Informação Geográfica, Infraestruturas de Dados Espaciais, Bases de Dados, Deteção Remota, Programação, Meteorologia, Riscos Naturais e Proteção Civil.

É co-fundador do Grupo de Utilizadores QGIS Portugal, Charter Member da Fundação OSGeo e sócio da OSGeo-PT.

Tem contribuído para a adoção de Software Livre nas mais diversas áreas, através da publicação de artigos técnicos, de tutoriais e da organização de workshops nos Encontros de Utilizadores QGIS Portugal, em instituições de Ensino Superior e nos SASIG (ver alguns aqui e aqui.

Colabora ativamente com o projeto QGIS.ORG, contribuindo com código para alguns plugins, realizando testes e reportando erros.

É Técnico Superior na Câmara Municipal de Pinhel, responsável pela Cartografia e Sistemas de Informação Geográfica, autor e administrador do servidor de Informação Geográfica, das bases de dados alfanuméricas e espaciais, dos WebServices e dos portais Web do Serviço Municipal de Proteção Civil, do Gabinete de Sistemas de Informação Geográfica e do Repositório de Informação Estatística. Ainda nesse âmbito, desenvolveu e mantém cinco aplicações WebSIG temáticas: Proteção Civil, Plano Diretor Municipal, Cemitérios Municipais, Infraestruturas e Instrução de Processos. Colabora com o Serviço Municipal de Proteção Civil e com o Gabinete Técnico Florestal, realizando trabalhos de previsão, avaliação, modelação, planeamento e levantamento de danos.

Tem 12 anos de experiência em SIG e Deteção Remota, 7 dos quais, exclusivamente, com Software Livre.

Fernando Russell Pinto

Fernando Pinto

Fernando Rui Russell Cortez Barbosa Pinto é mestre em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores, pela Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP)

Na administração local desde 2002, foi responsável pela gestão do Centro de informática do Município de Oliveira de Azeméis, tendo participado no projeto de implementação de gestão documental e workflow, com início em 2007. Neste período ocupou também o lugar de diretor técnico do projeto EDVDigital (Entre Douro e Vouga Digital), integrado nos projetos de cidades e regiões digitais.

Desde 2009 que é quadro da Câmara Municipal do Porto, ocupando atualmente o lugar de Chefe da Divisão de Desenvolvimento de Aplicações, sendo responsável pela gestão de aplicações e por novos projetos.

Ao longo dos últimos anos participou em diversos projetos de modernização administrativa, reengenharia e desmaterialização de processos, detendo vasta experiência e conhecimento nesta área. Na função atual participa na equipe responsável pelo projeto transversal de implementação de uma nova gestão documental, workflow, balcão de atendimento e reengenharia de processos.

Participa ainda em equipas de projetos em áreas de informação geográfica e de gestão de dados. Nesta última, participa em projetos de análise, partilha, indexação e distribuição de dados, incluindo dados abertos.

Começou a atividade profissional no grupo de Empresas Beremiz/Micrograf, tendo sido responsável por diversas projetos de inovação, trabalhando em áreas como o desenvolvimento de software, a assistência técnica, implementação e suporte a redes locais, direção de serviços de engenharia, gestão de projetos e gestão de produto CAD e projetos SIG na Internet.

Teresa Nobre

Teresa Nobre

Teresa Nobre é advogada, coordenadora jurídica da Creative Commons Portugal, e consultora jurídica da Communia International Association on the Digital Public Domain, em matérias de Direito de Autor.

Tem realizado e coordenado diversos estudos comparativos em Direito de Autor: “Educational Resources Development: Mapping Copyright Exceptions and Limitations in Europe” (Creative Commons, 2014), “Best Case Scenarios for Copyright” (Communia, 2016), “Copyright and Education in Europe: 15 everyday cases in 15 countries” (Communia, 2017). Licenciada em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa (2003). LL.M. em Propriedade Intelectual pelo Munich Intelectual Property Law Centre (2009).