Lista de workshops

SASIG 2017 | Porto (20 a 22 de Novembro 2017)

POSTGIS I - Luis Calisto e Jacinto Estima André Mano

PostGIS é uma extensão espacial para PortgreSQL, que confere potencialidades para gerir dados espaciais. PostgreSQL é um sistema de Gestão de Bases de Dados largamente utilizado no mundo. Este workshop pretende introduzir os princípios básicos da utilização do PostGIS, com o seguinte alinhamento preliminar: - Introdução às bases de dados espaciais
- Modelo de dados vetorial
- Considerações sobre a instalação do PostgreSQL com a extensão PostGIS
- O PgAdminIII para administração de Bases de Dados em PostgreSQL
- Criação de uma Base de Dados
- Importação/exportação de shapefiles
- Utilizadores e permissões
- Ligação com QGIS
- Pesquisas e analise espacial em PostGIS

POSTGIS raster - Luis Calisto ...ESGOTADO...!!

""O suporte raster em PostGIS tem vindo a evoluir bastante nos últimos anos. Embora o formato raster tenha muitas diferenças relativamente aos vectores, no PostGIS os dois formatos já se encontram suportados o que permite uma interacção simultânea entre rasters e vectores com benefícios óbvios.
Este workshop pretende introduzir os princípios básicos da utilização do PostGIS raster, com o seguinte alinhamento preliminar:
- Considerações sobre o PostGIS raster
- Importação de rasters
- Ligação com o QGIS (DBManager)
- Pesquisas e análise espacial em PostGIS raster
- Map algebra
- Exportação de rasters
- Publicação WMS
- Photoshop com Postgis"

Introdução ao Georchestra - IDE modular, interoperável e livre - Nelson Mileu ...ESGOTADO...!!

O GeOrchestra é um software para implementar uma IDE modular, interoperável e livre desenvolvido para responder aos requisitos da directiva INSPIRE. Tem módulos independentes e interoperáveis ​​para construir tudo o que é necessário num nó de uma IDE:
- um catálogo de metadados baseado em GeoNetwork;
- um servidor de mapas: GeoServer;
- um servidor de cache: GeoWebCache ,
- um cliente web de mapas de última geração,
- extractor de dados,
- e vários outros módulos de administração.
Este workshop inicia-se com a a criação de utilizadores, a gestão de perfis de utilizador e a gestão de funcionalidades. Serão exploradas as funcionalidades do visualizador de mapas, a configuração de temas no servidor de mapas e a sua articulação com o servidor de metadados.

Basic PyQGIS development - Luigi Pirelli

Training to introduce in the QGIS Plugin development in Python using PyQGIS. Topics are:
- short introduction into python (if necessary) and Class concept
Orienteering inside community resources for problem solving - How to configure a Development and debug environment
- Introduction to PyQGIS, example to manage raster and vectors
- How to run processing toolbox algorithm and integrate new ones
- Anatomy of a QGIS plugin
- Write simple plugin
- Tips&Tricks to develop a plugin compatible with QGIS3 and QGIS2

Introdução à GeoNetwork - Joana Simões ...ESGOTADO...!!

Esta workshop foca-se na implementação de um registo de dados espaciais baseado em GeoNetwork Opensource, por forma a permitir o acesso a dados geoespaciais no contexto de uma Infraestrutura de Dados Espaciais (IDE).
O ponto de partida para esta workshop será a versão estável da Geonetwork (3.2.), presente em OSGeo-Live. Começaremos com uma tour geral do software, que inclui a configuração de settings básicos do catálogo.
Durante a workshop, mostraremos como configurar harvesters, para sincronizar o acesso a recursos de dados espaciais remotos. Mostraremos também como disponibilizar OGC Web Services no interface do catálogo, usando o geoserver embebido.
Os participantes irão aprender a criar metadados, aplicando templates de standards (e.g.: ISO19139, Dublin Core) e tirando partido dos diferentes interfaces disponíveis.: UI de web e OGC CSW/ISO.
Por último, dedicaremos alguma atenção às funcionalidades de importação e exportação do catálogo, que permitem a integração do processo de publicação em workflows existentes.
A GeoNetwork opensource é o registro de dados espaciais de eleição em grande parte dos portais nacionais europeus (relacionados com INSPIRE), assim como em muitos outros países e organizações no resto do mundo mundo.

Deteção remota e processamento digital de imagem com o QGIS e o semi-automatic classification plugin - Pedro Venâncio

PROGRAMA
0 - Breve Introdução à Deteção Remota e Processamento Digital de Imagem
1 - Instalação do Semi-Automatic Classification Plugin (SCP)
2 - Acesso a Dados de Observação da Terra
3 - Pré-Processamento das Imagens
4 - Criação de Imagens Compósitas RGB
5 - Cálculo de Índices
6 - Classificação
7 - Pós-Processamento
PRÉ-REQUISITOS
a) Noções elementares de Deteção Remota;
b) Conhecimentos básicos/intermédios de QGIS;
c) Computador portátil com boa capacidade de processamento e com o QGIS instalado.
DADOS
Os dados a utilizar no workshop serão enviados oportunamente para o email do participante, devendo ser descarregados e estar prontos a utilizar com antecedência (evitar descarregar os dados no próprio dia, devido à sua dimensão).

QGIS: Desenvolvimento de plugins Python - Lia Duarte

Enquadramento: Atualmente os projetos Open Source têm evoluído de uma forma bastante positiva, tendo em conta o contributo dos utilizadores. O QGIS é um software SIG Open Source com licenciamento GNU/GPL que apresenta a vantagem de poder ser instalado em Linux, Unix, Mac OSX e Windows, contrariamente aos software com base em licenças de utilização. O software é desenvolvido na linguagem de programação C++, e é complementado com extensões, denominadas plugins, desenvolvidas em Python. Esta linguagem de programação permite o desenvolvimento de forma rápida e eficaz de novas funcionalidades e ferramentas que possam constituir o suporte de novas tarefas. O desenvolvimento destes plugins pode ser útil na prática profissional, sendo também um contributo para a comunidade do software livre em SIG.
Objetivos: i) ambientar os participantes com a linguagem de programação Python orientada ao software open source QGIS nomeadamente conhecer, de uma forma breve, as diferentes bibliotecas utilizadas; ii) implementar e criar um plugin de forma a contribuir para a comunidade que se apoia no Open Source; iii) manipular informação através da consola do Python.
Conteúdos programáticos:

Módulo I (1h) – Linguagem Python e bibliotecas
Introdução ao desenvolvimento de plugins em QGIS
     Exploração breve dos módulos para software SIG: GDAL/OGR, Numpy, matplotlib, Scipy, PyQt4
     Exploração breve da Processing Toolbox

Módulo II (3h) – Plugins
Elaborar testes com consola Python do QGIS
Interpretar e editar informação vetorial:
     - Abrir ficheiros vetoriais
     - Calcular área de um polígono
     - Converter shapefile para formato KML
Interpretar informação raster:
     - Abrir ficheiros raster
     - Obter resolução espacial e dimensões do raster
     - Gerar mapa de declives a partir de um MDT

Publicação de complex features com GeoServer e HALE no contexto do INSPIRE - Nuno Oliveira

O workshop irá começar com uma breve introdução aos conceitos básicos do GeoServer. De seguida será feita uma introdução às complex features no âmbito da norma INSPIRE. Será feita uma descrição detalhada de como complex features podem ser publicadas no GeoServer usando a extensão App-Schema e como o HALE pode ser usado para facilitar o processo. Por fim um exercício prático será realizado usando o Training Package da GeoSolutions.

Docker - Como usar Contentores para a implantação de Serviços Geoespaciais - Joana Simões

Docker é uma tecnologia de virtualização a nível de Sistema Operativo, que nos permite “empacotar” o sistema operativo Linux, com todas as suas aplicações, e implantar-lo em qualquer servidor, com pouco mais do que um par de comandos.
Isto tem vantagem enormes no que diz respeito a implantar serviços de web geoespaciais que, regra geral têm uma configuração que não é simples para a maior parte dos utilizadores.
Esta workshop começa com uma introdução ao docker, apresentando as características que estão na base do êxito notável desta tecnologia: leveza, portabilidade e isolamento. Dentro do contexto das aplicações geoespaciais, apresentaremos o projeto geocontainers.org, que tem como objetivo ajudar a montar serviços de web ou aplicações geoespaciais em ambientes de prova, desenvolvimento ou produção. Tanto os contentores como a documentação de geocontainers.org, estão disponíveis com licenças de software livre.
A segunda parte desta workshop será essencialmente prática. Aqui explicaremos as operações básicas de docker, a partir de um desafio concreto: implantar um registro de dados geoespaciais (Geonetwork). O último exercício seguinte contempla um cenário mais avançado: criar uma orquestração de serviços (com docker-compose), de forma a implantar uma Infraestrutura de Dados Espaciais (IDE), baseada em software livre e de código aberto (Geonetwork, Geoserver e Postgis).